Publicidade

Projeto solidário faz almoço para arrecadar materiais escolares a crianças carentes

Voluntários querem ajudar crianças de pelo menos cinco bairros da Capital

Preocupados com a chegada do ano letivo escolar e falta de condições de crianças carentes para comprar os materiais necessários para irem às aulas, um grupo criou o Projeto Criança Feliz para ajudar os pequenos moradores. Vendendo convites para um almoço, os integrantes esperam ajudar estudantes carentes de Campo Grande

Conforme um dos idealizadores do projeto, Anthônyo da Silva, de 48 anos, a iniciativa do projeto surgiu em setembro do ano passado quando a comunidade da igreja Assembleia de Deus viu as dificuldades das crianças dos bairros mais carentes da Capital.

Foto: Reprodução

“A gente via muita dificuldade e necessidade das crianças, aí a gente decidiu criar esse projeto para ajudar. No ano passado fizemos quatro confraternizações no natal e ano novo para crianças de vários bairros”, disse Anthônyo, que se sentiu muito feliz com a alegria da criançada.

Na ação, cerca de 1,3 mil crianças participaram e receberam presentes nos bairros Nashiville, Samambaia, Los Angeles, Vespasiano Martins e Centenário.

Para tocar o coração das pessoas e incentivar que comprem um convite para almoçar um bobó de galinha, o idealizador comenta que tem divulgado bastante nas redes sociais e que várias pessoas já tem o procurado para participar. Além de arrecadar dinheiro para comprar os materiais, os voluntários também aceitam a doação de mochilas, cadernos, estojos, etc.

“Estamos trabalhando e batendo em cima do Facebook e no nosso grupo do WhatsApp”, comentou. Os convites têm preço de R$ 10 para as marmitas simples e R$ 20 para as marmitas completas.

Quem se interessar em comprar pode entrar em contato através do Facebook, clicando aqui, ou através do telefone (067) 99217-0232. Os participantes vão até o interessado para entregar o convite pessoalmente.

O almoço vai acontecer no dia 20 de janeiro na casa da coordenadora do projeto no Bairro Pioneiros. O endereço será confirmado para quem comprar o convite posteriormente.

Mais notícias