Produtor rural é multado pela PMA em mais de R$14 mil por poluir rio

O canal de piscicultura do fazendeiro desmoronou com as chuvas

Um produtor rural foi autuado pela Polícia Militar Ambiental de Campo Grande por causar poluição no rio Salobra. O proprietário da fazenda mora em São Paulo, mas praticava piscicultura na propriedade.

Os tanques de piscicultura encontrados pelos policiais estavam devidamente licenciados pelos órgãos

O rio sofreu assoreamento após desmoronamento.
Foto: Divulgação/ PMA

ambientais. Porém o canal que fazia a ligação dos tanques com o Rio Salobra estavam sem manutenção e, com as chuvas, acabou desmoronando.

Os sedimentos foram carregados até o rio, causando assoreamento e poluição do canal fluvial. O infrator  recebeu multa de R$14.350,00 e, deverá realizar um plano de Recuperação de Áreas Degradadas e Alteradas (PRADA) junto ao órgão ambiental. Além disto, o fazendeiro poderá responder por crime ambiental de poluição, que prevê pena de até quatro anos de prisão.

 

Mais notícias