Procon-MS encontra 22,5 kg de pacu impróprio para consumo em supermercado

Fiscalização também encontrou cerca de 30 produtos diferentes com algum tipo de irregularidade

Em fiscalização após denúncias, o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato Grosso do Sul) encontrou 22,5 kg de pacu sem informações necessárias, o que é considerado impróprio para consumo, em um supermercado de Campo Grande.

Além do peixe, os fiscais também encontraram cerca de 30 produtos diferentes com algum tipo de irregularidade, desses, 20 artigos diferentes estavam fora da data de validade, mas expostos para a venda.

Foram encontradas 12 embalagens de lenços umedecidos (algumas das quais com validade até setembro do ano passado), fraldas com vencimento em janeiro deste ano, 20 unidades de cerveja entre latas e garrafas, 53 unidades de doces diversos, 91 unidades de biscoitos sortidos, 25 unidades de tempero para carnes, mortadelas, macarrão, maionese, refrigerantes, salgadinhos, iogurte, batata frita, amendoim, sucos, azeites de diferentes tipos, bolos, cappuccino, chocolates e gelatinas.

Entre os produtos sem informações consideradas necessárias, mas que também estavam expostos, foram encontrados bucho bovino, 178 unidades de doces diversos, ração para gatos e queijo ralado. Todos os produtos, tanto os com data de validade expirada, quanto os sem informações, foram descartados.

O supermercado foi autuado e o empreendimento terá prazo para apresentar defesa. A informação foi passada por meio do aplicativo “Fale Conosco”, mas as denúncias também podem ser feitas pessoalmente na sede do Procon-MS, ou pelo Whatsapp, no número (67) 99158-0088. (Com assessoria)

Mais notícias