Publicidade

Procon encontra produtos vencidos há quase dois anos em postos de combustível

Durante os dias 22 e 23 deste mês, o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) fiscalizou alguns postos de combustível tanto em Campo Grande como em algumas cidades do interior do Estado e conseguiu encontrar algumas irregularidades em pelo menos três unidades que foram averiguadas e que em uma delas, constavam produtos vencidos com o prazo de validade estourado há pelo menos dois anos.

Na Capital, o posto fica na região do Bosque das Araras e foi encontrado divergências em informações na diferença dos preços em relação a comercialização do etanol e gasolina, bem como o pagamento sendo feito por cartão de crédito ou em dinheiro. Segundo erro diagnosticado pelo Procon foi no cálculo relacionado à diferença percentual entre os preços da gasolina e etanol.

Em dois postos na rodovia BR-163 próximo a zona rural de Jaraguari e Coxim, os fiscais encontraram produtos vencidos. Em Jaraguari foram retirados das prateleiras 15 frascos de fluido de freio e 27 de fluido para motor de popa, vencidos, além de 22 embalagens de fluido de freios sem informações de validade ou com informações ilegíveis.

As verificações na cidade de Coxim, 258 quilômetros de distância de Campo Grande, encontraram produtos fabricados em agosto de 2016 e com validade de 12 meses, ou seja, validade expirada há quase dois anos. Também fora do prazo de validade existia o produto denominado silicone perfumado. Sem informações ao consumidor, foram descartados produto antiembaçante e cristalizador para vidros.

Mais notícias