Prefeitura de Dourados afirma que transporte escolar voltará dia 14 nas aldeias

Indígenas se reuniram na manhã desta sexta-feira com secretário de educação para solucionar o problema

Após realizar acordo com a prefeitura de Itaporã para ter transporte escolar novamente a partir desta sexta-feira (4), universitários indígenas se reuniram com o secretário de educação de Dourados, Upiran Gonçalves e receberam a promessa quem um ônibus da frota do município voltará a circular ainda neste mês no local.

Desde terça-feira (1), os indígenas protestam contra a falta de transporte que já se aproxima de um mês e com isso fecharam a rodovia MS-156 que liga Dourados à Itaporã.

O bloqueio permaneceu até esta quinta-feira (3) quando o prefeito de Itaporã, Marcos Pacco, esteve no local para negociar a liberação da rodovia e, mesmo não sendo dentro de seus limites territoriais, prometeu a passagem de um ônibus para levar os estudantes as faculdades até que Dourados providencie a volta da frota. O encontrou durou cerca de três horas.

Documento assinado pela prefeitura

Já com a rodovia desbloqueada, a comissão indígena foi à prefeitura de Dourados nesta manhã e recebeu a informação que na próxima semana um ônibus da Prefeitura receberá reparos e um novo para-brisa e começara atender os estudantes depois da “semana do saco cheio”, provavelmente a partir do dia 14.

Num oficio endereçado aos representantes do Movimento dos Acadêmicos Indígenas e assinado pelos secretários de Educação Upiran Gonçalves; de Governo Celso Antônio Schuch e pelo Procurador Geral do Município, Sérgio Henrique Martins de Araújo, ficou estabelecida a solução para o caso.

O acordo vem depois que a própria prefeitura de Dourados dizer que não teria como resolver a situação de imediato. Uma licitação para contratar uma empresa de manutenção da frota foi aberta no mês passado e suspensa nesta terça-feira (1). O poder público alega que a lei 3.870, de fevereiro de 2015, não obriga fazer o transporte escolar e sim autoriza a realização do serviço.