Prefeitura de Campo Grande compra mais 18 mil luminárias de LED

Objetivo é ter mais da metade da iluminação pública em LED em nove meses

A Prefeitura de Campo Grande assinou um contrato e oficializou os aditivos para compra de mais 18,2 mil luminárias de LED, totalizando um investimento de quase R$ 10 milhões. A compra faz parte do planejamento que prevê a instalação de um total de 46,2 mil luminárias até julho do ano que vem.

Neste cenário, em 9 meses, 58% da iluminação pública da cidade (formada por aproximadamente 110 mil lâmpadas) terá a nova tecnologia, afirma a Prefeitura de Campo Grande. Nos últimos 90 dias, foram instaladas 16 mil luminárias de LED, atendendo principalmente as saídas da cidade e principais vias de acesso aos bairros.

A Prefeitura espera receber dos fornecedores mais 4 mil, para chegar a marca de 20 mil luminárias, o que corresponde a 43% das 46.250 mil programadas para serem instaladas até o final de 2020.

Além de mais econômicas e de maior durabilidade, as luminárias de LED, desde que haja uma central de monitoramento, terão a luminosidade regulada à distância, além de serem ligadas e desligadas remotamente.

Aditivo

Como todas as 11.182 luminárias previstas nos lotes 2,4 e 6 já foram adquiridas, foi preciso um aditivo de 25% no valor de R$ 3,1 milhões para viabilizar a compra de mais 5.390 luminárias.

Já a partir da liberação de 25% do saldo da ata de registro de preços, foi assinado contrato com a Devalle Materiais Elétrico vencedora de três lotes, no valor de R$ 6.881.585,69.  Serão adquiridas 12.138 luminárias, sendo 2.813 de 50 w de potência; 5 mil de 20 w e mais 5 mil de 150 w de potência.

A compra das luminárias de LED foi licitada num pregão eletrônico, modalidade ata registro de preços, dividida em seis lotes. As empresas habilitadas se comprometeram a vender 46.250 mil conjuntos, mantendo o preço por um ano, ao custo total de R$ 25 milhões.

Como neste formato de concorrência   as compras, obrigatoriamente, devem ser fracionadas, inicialmente foram firmados contratos no valor de R$ 12,5 milhões (50% do valor total), que garantiram a aquisição de 20 mil unidades. Na semana passada, houve a liberação de mais 25% do saldo da ata de registro e ainda restará outros 25% a serem liberados para fechar o lote completo.

(Com informações da PMCG)

Mais notícias