Prefeitura de Campo Grande anuncia que vai asfaltar e recapear mais de 100 km em ruas em 2019

87% dos recursos necessários já estão assegurados

Com um investimento de R$ 202 milhões, a Prefeitura de Campo Grande deve pavimentar e recapear mais de 100 km em 2019. Segundo a administração, entre os recursos, R$ 187 milhões são de financiamentos já contratados para aplicação do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) Pavimentação e do Projeto de Mobilidade Urbana.

A Sisep (Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos) afirma que já começam em março as frentes de serviço para o recapeamento da avenida Bandeirantes, além da drenagem e pavimentação do Residencial Belinatte, Jardim Anache e Complexo Zé Tavares.

As obras do complexo José Tavares, por exemplo, já têm os contratos assinados com as empresas vencedoras da licitação, em um valor de mais de R$ 18 milhões. O projeto prevê implantação de 4,3 km de drenagem, 14,1 km de pavimentação e 3,6 km de recapeamento. Também será refeito o asfalto das ruas Rosa Maria Lopes e Santo Augusto.

Segundo informações da Prefeitura, nesta mesma região, já foi concluído o processo burocrático para o início imediato das obras no Jardim Anache. Com mais de R$ 10 milhões de investimento, está programada a implantação de 2,5 km de drenagem, 11 km de pavimentação, 4,6 km de recapeamento, além de calçadas.

Neste mês deve ser lançada a licitação do Nova Lima etapa B, investimento estimado em aproximadamente R$ 26,8 milhões, cobrindo um perímetro de 20 km entre as ruas Marques de Herval, Zulmira Borba e Jerônimo de Albuquerque, parte mais alta do bairro. As obras contam com apoio do Governo do Estado. Na quinta-feira (31), o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) anunciou a liberação de R$ 25 milhões para contrapartida das obras.

Outra obra tem previsão de iniciar em março é a conclusão das obras do Residencial Bellinatte, interrompidas há quatro anos. No bairro localizado na região urbana do Imbirussu, recebe o investimento de quase R$ 2 milhões para 640 metros de drenagem, 2,4 km de pavimentação, além do recapeamento da Avenida Wanderlei Pavão, principal via de acesso ao Jardim Aeroporto.

O recapeamento da avenida Bandeirantes é outra frente de serviço com contrato assinado. A avenida Bandeirantes, junto com as ruas Guia Lopes, Brilhante e Avenida Gunter Hans, integra corredor sudoeste do transporte coletivo. Na implantação de 2,5 km de drenagem e 3,8 km de recapeamento em toda a extensão da avenida (da rotatória com a Manoel da Costa Lima até terminar na Afonso Pena), serão investidos R$ 8 milhões.

(com informações da PMCG)

Mais notícias