Prefeitura amplia atendimento e assegura educação a crianças com deficiência

A Prefeitura de Campo Grande aumentou em 38% o atendimento a crianças com deficiências na Rede Municipal de Ensino (Reme) Em 2018, foram atendidas 1.800 alunos enquanto que este ano o número saltou para 2.500 alunos atendidos, tornando a Reme referência no atendimento inclusivo.

Neste semestre, 200 Assistentes Educacionais Inclusivo serão chamados até o final do ano para compor a equipe de profissionais que prestam atendimento a estes alunos. Eles passaram por um processo seletivo, concorrendo com mais de dez mil candidatos e substituirão alguns Apoios Pedagógicos Especializados.

De acordo com o superintendente de Políticas Educacionais da Reme, Waldir Leonel, a escolha desses profissionais, que irão substituir alguns cargos de Apoios Pedagógicos Especializados, é amparada pela Lei de Diretrizes e Bases, no artigo 59, que destaca que tanto os professores com especialização adequada em Nível Médio ou Superior, podem prestar atendimento especializado.

“Estes alunos não estarão desassistidos, pois continuarão recebendo atendimento especializado. Os AEIs serão devidamente acompanhados e capacitados pela equipe técnica da Divisão de Educação Especial da Semed, que continuamente oferecerá a estes profissionais cursos, formações continuadas, palestras e demais recursos pedagógicos, de acordo com a especificidade e necessidade de cada aluno”, destacou o superintendente.

A abertura do processo para AEI no meio do ano foi realizada para atender a a falta destes profissionais, que, além do atendimento imediato, será feito por 150 profissionais, que também ficarão em cadastro reserva.

“A cada dia, tem crescido o número de famílias, inclusive do interior, que buscam o atendimento em nossas unidades, devido aos recursos que oferecemos”, explicou Waldir Leonel.

(Com Assessoria)

Mais notícias