População aprova fim dos canudos de plástico, mas já cria alternativas

Kits com canudos reutilizáveis estão à venda nas redes sociais

A proposta para a proibir o fornecimento de canudos plásticos em estabelecimentos comerciais do Estado, aprovada nesta quinta-feira (27), na Assembleia Legislativa, não incomodou donos de lanchonetes e clientes da Capital.

Para a maioria, a conservação do meio ambiente está em primeiro lugar. Ainda assim, há quem reclame da dificuldade para tomar um milkshake, por exemplo, sem o canudo. “Vai prejudicar somente para tomar alguns tipos de bebidas, mas a preservação do meio

“Os canudos de plástico degradam o meio ambiente, principalmente, porque a maioria não descarta de maneira correta”, afirma o técnico em programação Gustavo Camargo (Foto: Leonardo de França)

ambiente é, com certeza, muito mais importante que isso já que temos outras alternativas, como o canudo biodegradável e o de aço inox”, afirma a estudante Elisângela Barbosa Valadão, de 21 anos.

O técnico em programação Gustavo de Camargo Campos, de 19 anos, destaca a iniciativa de acadêmicos do curso de Biologia de uma universidade da Capital, que vendia canudos de aço inox para arrecadar fundos para pesquisa. “Há muito tempo a universidade já aderiu a ideia para acabar com os canudos de plástico. Eles degradam o meio ambiente, já que muitas pessoas não descartam os canudos de maneira correta, com isso, a degradação acaba por prejudicar nossa fauna e a flora”, conta.

“Vai ficar difícil tomar um milk shake, mas é o melhor para o meio ambiente”, afirma estudante (Foto: Leonardo de França)

As mesas de algumas lanchonetes do Centro já não disponibilizam canudos de plástico. Na maioria dos casos, os clientes precisam retirá-los no balcão. A empresária Itaiana Hendges, de 35 anos, acredita que, caso a lei seja sancionada, os comerciantes não enfrentarão problemas. “Os canudos de plástico serão substituídos por papel. Se for proibido fornecer, vamos precisar de uma opção, por isso, acredito que não haverá reflexo nas vendas, mas fico sem entender porque os copos plásticos também não são proibidos, já que se trata do mesmo material”, diz.

Outras opções

Kits com canudos reutilizáveis estão à venda nas redes sociais (Foto: Reprodução/Facebook)

Nas redes sociais, alguns vendedores já estão oferecendo canudos de outros materiais como aço inox e os biodegradáveis. Alguns kits com canudos reutilizáveis estão à venda por R$ 23.

O comerciante Manoel Mendes de Souza, de 58 anos, também concorda com a execução da lei em prol do meio ambiente, mas ressalta que os clientes não abrem mão do canudo. “Eles pedem, principalmente as crianças. Vendemos milk shake aqui e o canudo que oferecemos é muito maior. O que vamos oferecer aos clientes?”, questiona.

Mais notícias