PMA multa três fazendeiros em R$ 104 mil por desmatamento em área protegida

Com uso de GPS, os militares identificaram que foram 16,5 hectares destruídos

A PMA (Polícia Militar Ambiental) identificou neste sábado (21) três áreas desmatadas ilegalmente em cinco fazendas na região de Amambai, a 352 km de Campo Grande. Com uso de GPS, os militares identificaram que foram 16,5 hectares destruídos em uma área protegida. As multas aos fazendeiros somam o valor de R$ 104,5 mil.

Um dos proprietários, de 75 anos, foi autuado e recebeu multa de R$ 66 mil pelo desmatamento de 11,2 hectares. O outro, de 43 anos, foi autuado em R$ 22 mil pelo desmatamento de 3,1 hectares. Em outra propriedade, um fazendeiro de 71 anos foi autuado em R$ 16,5 mil pelo desmatamento de dois hectares.

Todos os infratores suprimiram a vegetação há algum tempo para plantio de pastagem. Parte madeira proveniente da vegetação desmatada encontrava-se no local em meio à pastagem.

Os autuados também responderão por crime ambiental, que prevê pena de um a três anos de detenção. Além disso, eles foram notificados a apresentar um Prada (Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada) junto à PMA.

Mais notícias