Participantes acreditam que audiência pública não trará melhoria para ônibus na Capital

Poucas pessoas compareceram à audiência nesta segunda-feira

Depois de mais de três horas de debate sobre o serviço de ônibus em audiência pública na Câmara Municipal de Campo Grande, participantes acreditam que a discussão não trará melhorias. A audiência contou com poucas pessoas nesta segunda-feira (15) e a maioria dos participantes eram de entidades ou sindicato, usuários eram minoria.

Além de poucas pessoas para participar, a maioria preferiu não ficar até o final da audiência. Por volta das 12h30, só sobraram assessores e os administradores da página ‘Ligados no Transporte’ no Plenário da Câmara. Para eles, a audiência não deve trazer resultados, assim como a do ano passado.

Gabriel Santos comenta que desde o ano passado, a coisa só piorou nos ônibus de Campo Grande. A única mudança foi a licitação para reforma dos terminais. “As pessoas vieram apresentar os problemas, mas ninguém apresentou soluções”, diz. Ele ressalta que, por isso, a discussão foi rasa, já que o poder público e o Consórcio não trouxeram soluções.

Mais notícias