Paraguai entrega primeiro trecho da Rota Bioceânica

O trecho tem 40 quilômetros e passa pelo chaco paraguaio

O primeiro trecho pavimentado da rodovia PY-09, que faz parte da Rota Bioceânica, será inaugurada nesta manhã pelo presidente paraguaio, Mário Abdo Benítez. Serão entregues 40 do total de 277 quilômetros que fazem a interligação entre os oceanos Atlântico e Pacífico.

A cerimônia de inauguração acontecerá na fronteira do Paraguai com Mato Grosso do Sul. A PY-09 corta o chaco paraguaio, chamada de Transchaco, que tem o clima semi-árida e possui poucos moradores na região.

Este é o único trecho ainda não pavimentado da Rota Bioceânica, que abrirá uma nova possibilidade para exportações de mercadorias de Mato Grosso do Sul pelos portos do Chile. Além desse investimento, o governo do Paraguai também assumiu a construção da ponte sobre o Rio Paraguai, entre Porto Murtinho e Carmelo Peralta.

A obra de pavimentação total da PY-09 está prevista para ser entregue em 2023 e estima-se que o investimento seja de US$ 40 milhões. O governo paraguaio pretende iniciar obras em outros 220 quilômetros da rodovia Loma Plata, que faz fronteira com o Paraguai, Bolívia e Argentina.

Foto: Reprodução

A pavimentação deverá acontecer entre as cidades de Mariscal Estigarribia (Paraguai) e Pozo Hondo (Argentina). Os trechos que ligam a Argentina ao Chile já são pavimentados e passam por paisagens turísticas como as Cordilheiras dos Andes e o Deserto do Atacama.

O projeto da Rota Bioceânica é uma iniciativa para diminuir até 8 mil quilômetros do transporte de mercadorias brasileiras até o mercado asiático. O trajeto começa em Campo Grande e passa pelo Paraguai, Argentina e Chile.

 

 

 

 

Mais notícias