Para reforçar atendimento, 22 unidades básicas de saúde passam a atender em horário estendido

UBSs devem atender das 7h às 19h, sem intervalo de almoço

Depois que oito UBSs (Unidades Básicas de Saúde) tiveram o horário de atendimento ampliado em Campo Grande, outras unidades serão contempladas com a medida. A partir de segunda-feira (21), serão 22 unidades com o horário de atendimento diferenciado.

A implantação do novo horário começou a ser implantado no início do mês e, além das 8 UBSs contempladas, a Clínica da Família Nova Lima e a UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) Portal Caiobá também funcionam em horário estendido. A partir de segunda-feira (21), mais 12 unidades funcionam até as 19h, sem horário de almoço, totalizando 22 unidades em horário diferenciado em Campo Grande.

As 12 UBS que passam a atender até 19h são: UBS Guanandi, UBSF Serradinho, UBSF Tarumã, UBSF São Conrado, UBSF São Francisco, UBSF Estrela Dalva, UBS 26 de Agosto, UBSF Jardim Itamaracá, UBS Universitário, UBSF Ana Maria do Couto e UBS Estrela do Sul e UBSF Jardim Noroeste.

O titular da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), Marcelo Vilela, explica que o objetivo é facilitar o acesso à saúde e fortalecer a atenção primária. “Fortalecendo o atendimento na atenção básica, assegurando que o paciente será bem atendido perto de casa, nós podemos minimizar o problema da urgencialização. Hoje, mais de 70% dos pacientes que são atendidos nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e CRSs (Centros Regionais de Saúde), quando por exemplo, poderiam estar sendo atendidos na unidade básica perto da sua casa. Dessa forma, esse paciente acaba tendo que aguardar na UPA por um tempo maior, o que consequentemente gera reclamação”, diz o secretário.

As unidades funcionarão das 7h às 19h, ininterruptamente, com exceção da UBSF Jardim Noroeste, que abrirá das 6h às 18h.

Mais notícias