Palestra irá abordar boas práticas na coleta de material genético nas unidades de saúde da Capital

Coleta de sangue, urina, fezes e preventivo são exemplos de coleta de material genético feitos no SUS

Pensando em melhorar a qualidade dos resultados dos exames laboratoriais, acontece nesta terça-feira (11), a palestra “Boas práticas na fase pré-analítica” aos gerentes das unidades de saúde pública de Campo Grande. O evento será na universidade Uniderp, localizada na avenida Ceará, 333.

Segundo a Prefeitura, a palestra é promovida pela SVS (Superintendência de Vigilância em Saúde) e será ministrada pelo fiscal sanitário Jeferson Teruya, do Labcen (Laboratório Central Municipal), aberta para todos os profissionais das Unidades de Pronto Atendimento, Básicas de Saúde e Centros Regionais da Capital.

A fase pré-analítica é a coleta de material biológico, seja feia pelo paciente (urina, fezes e escarro), seja feito no ambiente laboratorial (coleta de sangue, células intrauterinas e outros). Dentro desta fase, encontra-se a armazenagem e transporte até o laboratório, fase importante para o processo de chegar ao resultado.

Uma das principais finalidades dos testes laboratoriais é auxiliar o raciocínio médico após a obtenção da história clínica e a realização do exame físico. Para tanto, todas as fases de execução dos testes, sobretudo a pré-analítica, devem ser conduzidas seguindo o rigor técnico necessário para garantir a segurança do paciente e resultados exatos.

Mais notícias