No mês do natal, montar pinheiro representa vida e esperança em tradição religiosa

Por trás da beleza há toda uma tradição e história que envolve religião, sentimentos e emoções

Natal é tempo de união familiar e junto dele há toda uma preparação antes como, por exemplo, a decoração da casa e a montagem da tradicional árvore. Mas essas ações não são aleatórias e apenas para deixar o ambiente bonito, por trás da beleza há toda uma tradição e história que envolve religião, sentimentos e emoções.

Segundo a igreja católica, a montagem da árvore de natal inicia no primeiro domingo do advento, ou seja, tempo litúrgico que prepara para o nascimento de Jesus Cristo. Neste ano, a data foi 1° de dezembro e sempre se conta quatro semanas antes do natal.

Na casa da auxiliar administrativo, Kamila Dantas, a árvore foi montada um pouco mais cedo este ano, no dia 26 de novembro. De família tradicional, há 27 anos comemoram o natal e Kamila quer permanecer com a tradição por gerações futuras. “Esse ano minha avó quis montar a árvore mais cedo para aproveitar por mais tempo o clima de natal”, conta.

Todos os anos é tradição montar e decorar o pinheiro em família na casa de Kamila. “Além da árvore, enfeitamos a casa com pisca-pisca, colocamos papai noel por todo lado e fazemos a ceia natalina. Fazemos isso pelo próprio significado da data, união em família. Na casa em que moro vive eu, meu marido e meus avós e fazemos questão da decoração todos os anos”.

Na tradição religiosa, o pinheiro representa a vida. Uma curiosidade, que alimenta ainda mais essa ideia, é que no hemisfério norte todas as árvores perdem as folhas nessa época do ano, exceto o pinheiro. O Padre Reginaldo Padilha, do Santuário Estadual Nossa Senhora do Perpétuo Socorro de Campo Grande, explica que além da vida, o verde também representa a esperança.

“A árvore de natal nos leva a meditar o grande mistério da noite santa e abençoada onde Jesus nasce. Para os católicos, é um momento muito especial, há toda uma preparação antes, que é o tempo do Advento onde quatro domingos antes do natal temos a oportunidade de montar o pinheiro com os enfeites, montar o presépio e a decoração da casa, tudo isso de forma familiar, unidos. Começamos um tempo de esperança e peregrinação onde olhamos para as nossas fragilidades até chegar a noite santa aonde o redentor da humanidade nasce”, afirma.

Quando desmontar a árvore?

O pinheiro é sempre desmontado na época dos Reis Magos. Nessa data, 6 de janeiro, a Igreja Católica celebra a chamada epifania do senhor, festa da manifestação de Jesus Cristo como Messias, filho de Deus e salvador do mundo. “É o acolhimento da boa nova da salvação, do mistério da encarnação. Esta primeira manifestação se dá justamente aos Reis Magos que guiados por uma estrela chegam a Belém e ao ver o menino com Maria, sua mãe, ajoelham-se diante dele [Jesus] e o adoram. Então é uma oportunidade de celebrar esse acontecimento histórico e temos a graça de fazer acontecer essa bênção em nossa vida”, explica o Padre Reginaldo Padilha.

A família da Kamila segue a tradição e desmonta toda a decoração de natal no dia dos Reis Magos. “Aproveitamos a data para agradecer a Deus por mais um ano”, finaliza.

E para aqueles que ainda nem chegaram a decorar a casa ou montar a árvore de natal, ainda dá tempo de entrar no clima. Para ajudar, o Jornal Midiamax elencou uma série de opções que podem ser rentáveis financeiramente e dar um Up no ambiente.

No centro da cidade é possível encontrar o pinheiro de diversos tamanhos, cores e preços. Em duas grandes lojas da Afonso Pena as árvores estão na faixa de preço de R$ 5,99 no menor tamanho a R$ 799 o maior pinheiro.

No mês do natal, montar pinheiro representa vida e esperança em tradição religiosa
Mais notícias