No 1º dia de Enem, estudantes reclamam de tema da redação e prova muito extensa 

Muitos acreditaram que questões pudessem ter mais cunho político

Com a possibilidade de deixar o local de prova a partir das 14h30, alguns estudantes começaram a sair antes do final do encerramento neste domingo (3), às 18h, 1º dia de aplicação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Na saída da Escola Estadual Joaquim Murtinho, em Campo Grande, os estudantes reclamaram do tema da redação e da quantidade de questões longas.

Giovana Freire, de 15 anos, fez o exame pela primeira vez como treinee. “Fiquei bem surpresa com o tema da redação, demorei para assimilar. Também fiquei com medo de perder a concentração nas questões objetivas, mas consegui manejar bem o tempo”, disse a estudante que quer cursar Artes Visuais.

Natália Correia, de 16 anos, quer cursas Relações Internacionais e fez o exame pela segunda vez. “Achei tanto as questões objetivas como o tema da redação fáceis, acredito que vou bem”.

Gianni Ramires, de 20 anos, quer cursar administração e achou a prova bastante extensa. “Muitas palavras difíceis, foi mais complicado para fazer a interpretação. Achei que teríamos uma prova com temas mais políticos”, disse.

Gabriel Henrique Ribeiro Dávila, de 17 anos, relatou que treinou bastante em casa e achou a prova fácil. “Faltaram mais questões de gramática. Sobre a redação, tinha bastante texto de apoio e eu acredito que todo mundo deva dar o mesmo direcionamento”. O estudante também disse acreditar que a fiscalização seria mais rígida. “Não repararam nos rótulos transparentes das garrafas, como dizia o edital. Foi bem tranquilo”.

As irmãs Polyana e Tauanny Hoffman também acharam que a fiscalização deixou a desejar. “Tinha tanto detalhe sobre as regras, mas não repararam muito nas coisas. Se eu soubesse que seria assim tinha trazido tereré por causa desse calor”, brincou Tauanny.

 

Polyana fez a prova pela primeira vez como treinee e disse que achou o tema muito difícil. “Fiquei muito cansada. Trouxe lanches, mas acabei nem comendo porque a prova era muito extensa”.

A irmã conta que achou o tema fácil. “Achei bem tranquilo porque é fácil ver que muita gente não tem acesso ao cinema, seja no interior ou aqui mesmo, se a pessoa mora em uma região mais periférica”. Ela pretende cursar Odontologia.

Os cadernos só poderão ser levados com os estudantes que saírem meia hora antes do término da prova.

Enem

O Enem ocorrerá em dois domingos, 3 e 10 de novembro. O Inep sugere que o participante conheça seu local de prova com antecedência. Em MS, os portões abrem às 11h e fecham às 12h. As provas começam às 12h30 e terminam às 18h.

O acesso à sala de provas só será permitido com a apresentação de documento oficial de identificação com foto, conforme previsto em edital. O Inep recomenda que o participante leve também o Cartão de Confirmação da Inscrição impresso, que já está disponível na Página do Participante e no aplicativo do Enem.

 

Mais notícias