Temporada de tempestades começa em MS e Defesa Civil ensina a evitar os riscos

Primavera é a estação do ano com a maior incidência de tempestades severas devido ao choque de massas de ar frio e quente

A primavera é a estação do ano com a maior incidência de tempestades severas e é importante tomar cuidado para não correr riscos. As tempestades ocorrem com mais frequência devido ao choque de massas de ar frio, que ainda ficam presentes no hemisfério sul, e as massas de ar quente que começam a intensificar ao longo da estação.

“Desse encontro de massas de ar de diferentes temperaturas, resultam nas condições adversas como tempestades, raios, vendavais e granizo”, explica a coordenadora do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), Franciane Rodrigues.

Em caso de ocorrências, o coordenador estadual de Defesa Civil de Mato Grosso do Sul, tenente-coronel Fábio Catarineli, dá algumas dicas sobre como agir em caso de ocorrência de tempestade. Se estiver em casa ou no apartamento, a recomendação da Defesa Civil é de nunca consertar o telhado durante uma chuva. Outras dicas são: desligar aparelhos elétricos e verificar galhos muito próximos a fiação ou em estado de putrefação. Caso haja, providenciar a poda preventiva com profissional ou empresa capacitada. Também é recomendado verificar calhas a fim de evitar entupimentos nas saídas de água da residência. Nos condomínios onde há para-raios, verificar se está de acordo com as normas de segurança.

Se estiver em via pública, e notar que a água ultrapassou o meio fio, a orientação é fazer o desvio. Não é seguro avançar em áreas alagadas, pois há risco de cair em bueiros ou furar o pneu do veículo. Na Capital, por exemplo, que possui muitos córregos, pode ocorrer enxurradas fortes.

“Em caso de chuvas de granizo, é importante buscar abrigo seguro. Se estiver dentro do veículo, procurar lugar seguro, de preferência longe de árvores. Também é importante evitar estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda”, recomenda o tenente-coronel Catarineli.

A principal recomendação é não se colocar em posição de risco, seja de moto, carro, bicicleta, ou a pé, e em caso de acidentes, acionar o Corpo de Bombeiros no 193. “A Defesa Civil junto com o Cemtec segue monitorando, e em caso de risco de tempestades irá emitir alerta via SMS para os números cadastrados das regiões que possam ser afetadas”, pontua.

Para se cadastrar e receber os alertas emitidos pela Defesa Civil no celular, basta enviar um SMS com o seu CEP para o número 40199. O serviço é gratuito e visa prevenir a população para ocorrência de acidentes e desastres naturais.

(Com informações do Governo de MS)

Mais notícias