MST-MS nega ligação com invasão de fazendas em Mato Grosso do Sul

O MST-MS (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra do Estado do Mato Grosso do Sul) afirmou em nota que não tem nenhuma ligação com a ocupação de terras das fazendas “Barraca” localizada em Inocência e “Tamanduá” em Cassilândia.

Aproximadamente 150 famílias, da Associação dos Trabalhadores Rurais Bom Pastor acamparam nas fazendas. A invasão aconteceu na madrugada deste sábado (11) por volta das 4 horas da manhã.

Leia nota do MST-MS

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra do Estado do Mato Grosso do Sul – MST/MS – vem por meio desta nota, informar que não temos nenhuma ligação com as ocupações das fazenda “Barraca” localizada no município de Inocência – MS, e “Tamanduá” em Cassilândia. Reconhecemos que ocupar o latifúndio improdutivo, ocupar áreas que tem dívidas com a União e assentar famílias dando-lhes dignidade, é papel de toda organização que luta por terra, sendo assim nos solidarizamos com essas famílias, todavia esclarecemos que a associação dos trabalhadores rurais Bom Pastor, não tem vínculo com o MST, e não conhecemos pois nesses municípios não possuímos assentamentos e nem acampamentos.

Mais notícias