Publicidade

Morte de mulher em Dourados pode ser a 10ª causada por dengue em MS

Nesta quinta SES confirmou nove mortes pela doença este ano

Mulher de 47 anos morreu na tarde desta sexta-feira (5) em Dourados, cidade distante 225 quilômetros de Campo Grande. A suspeita é que a paciente seja vítima de dengue hemorrágica. Se o caso se confirmar, a mulher pode entrar para a estatística como a 10ª morte causada pela dengue em Mato Grosso do Sul neste ano.

De acordo com o Dourados News, a paciente deu entrada no Hospital Universitário nesta quinta-feira (4). O caso pode ser o terceiro que terminou em morte na maior cidade do Sul do Estado. Ainda segundo o site, antes de ser internada no HU, a mulher foi atendida no Hospital da Vida.

Mortes confirmadas

Em boletim divulgado nesta quinta, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) confirmou nove mortes causadas pela dengue desde o início do ano. Três crianças e seis idosos estão entre as vítimas.

Das vítimas, quatro delas são de Campo Grande, todos homens, e três são do município de Três Lagoas. Os óbitos foram registrados do dia 27 de janeiro até 28 de março. Neste período, a Capital declarou estado de emergência por conta dos casos da doença.

Ainda segundo o boletim da SES, a maior parte das pessoas infectadas têm entre 20 a 49 anos. Porém, a faixa de risco de óbito é de criança e idosos. Outra informação, é que os casos registrados em Campo Grande, em sua maioria é da dengue tipo 2.

Já com relação a incidência da doença, que monitora os casos para cada 100 mil habitantes, o quadro é ainda mais preocupante. Pois municípios como Figueirão, com menos de 3 mil pessoas, tem incidência superior a cidades com maior número de populacional.

 

 

Mais notícias