Moradores criam perfil no Facebook para denunciar caos no bairro

Ruas não asfaltadas intransitáveis são a principal denúncia

Cansados do descaso, os moradores do bairro Aero Rancho, em Campo Grande, criaram um perfil no Facebook para denunciar as situações problemas que enfrentam na região, principalmente em dias de chuva com as ruas sem manutenção, segundo eles.

Criado no dia 9 de abril por três amigos – que preferem não se identificar – atualmente o perfil conta com quase 1.446 ‘amigos’ e recebe denúncias em forma de postagens e mensagens inbox. “Eu e mais dois criamos esse perfil Aero Rancho cada vez melhor porque o bairro está totalmente esquecido. Talvez assim a secretaria de obras olhe por nós e nossas ruas intransitáveis”, disse um deles.

Nesta terça-feira (23), o que chamou a atenção foi uma foto da rua Babaçu. A imagem mostra a via completamente intransitável pela quantidade de água acumulada. “Hoje choveu aqui, e a foto foi tirada às 7h”, contou um dos criadores do perfil.

Na postagem feita no perfil, é ressaltado o fato de que todas as ruas não asfaltadas do bairro precisam de patrolamento e cascalhamento.  Pedindo atenção ao prefeito Marquinhos Trad, ao secretério Rudi Fiorese, e ao secretário especial do Governo Carlos Alberto Assis para que seja dado andamento nas licitações para manutenção nas vias.

“Nós criamos esse perfil e estamos recebendo muitas reclamações de problemas no bairro. Nos ajude por favor. Além da Babaçu existem muitas obras ainda piores”, concluiu.

Sobre a rua Babaçu, o Jornal Midiamax entrou em contato com a Prefeitura e aguarda o retorno.

Bom dia amigos, que o nosso dia seja abençoado.A foto abaixo é da rua Babaçu que está totalmente intransitável….

Posted by Aero Rancho on Tuesday, April 23, 2019

 

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Mais notícias