Mesmo com preço mais alto, 83% dos campo-grandenses vão às compras de Natal

Cerca de 66% dos consumidores de Campo Grande irão procurar os presentes no comércio popular

Com o décimo terceiro e FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) no bolso, 83% dos campo-grandenses vão presentar pessoas queridas no Natal. Os dados são da pesquisa realizada pelo Procon Municipal de Campo Grande, que entrevistou 100 pessoas na região central do município.

Embora 80% dos campo-grandenses considerem que os preços estão mais caros este ano, 53% pretende gastar entre R$ 100 e R$ 200 para presentear. Cerca de 66% deles irão procurar os presentes de Natal nas lojas do comércio popular.

Entre os escolhidos como preferidos na hora de comprar um presente estão os filhos com 43%, os pais e mães ficam em segundo lugar, com 30% da preferência. Em último lugar aparecem os companheiros amoroso, maridos e esposas ficam com apenas 12%.

Os itens mais cogitados pelos campo-grandenses para presentear no Natal são do setor de vestuário, as roupas ocupam o primeiro lugar, com 33% das escolhas. Os brinquedos também são os queridinhos dos campo-grandenses, 25% das pessoas pretendem gastar com este tipo de presente. Outros produtos como calçados, perfumes, cosméticos, eletrônicos, acessórios e viagens também estavam na lista de presentes de alguns dos entrevistados.

 

Mesmo com preço mais alto, 83% dos campo-grandenses vão às compras de Natal
Mais notícias