Mais uma reunião termina sem acordo e administrativos mantêm greve

Categoria promete mobilização ainda maior nos próximos dias

Em nova tentativa de firmarem acordo a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) e a SED (Secretaria Estadual de Educação) saíram sem definição de quando greve do administrativo deverá se encerrar. Sem abono salarial e jornada de 6h, servidores continuarão paralisados em MS.

Conforme Jaime Teixeira, presidente da Fetems, disse que a situação foi discutida, porém negociações não avançaram em nada. Além de pedirem que seja mantido a incorporação de R$ 200 no salário, sindicato solicita uma política salarial para esses funcionários.

“Pediram a suspensão da greve e um prazo para ver o que podiam fazer, mas como nada ficou concretizado, a greve será mantida”, disse Jaime em entrevista. A Fetems ainda prometeu uma manifestação ainda maior nos próximos dias para pressionar o Governo Estadual.

Participaram da reunião na sede da SED, a secretária Maria Cecília Amendola da Mota, e o secretário adjunto Édio Antônio Resende de Castro.

 

Mais notícias