Liberação de animais de estimação em hospitais será discutida na Câmara

Projeto de lei sobre o assunto já tramita na Casa de Leis do município

Liberação de animais de estimação em hospitais será discutida em audiência pública da Câmara Municipal de Campo Grande, na próxima terça-feira (dia 20). Um projeto de lei sobre o assunto tramita na Casa de Leis.

Segundo a Câmara, o objetivo da audiência é discutir a liberação com o Conselho Regional de Medicina, Conselho Regional de Medicina Veterinária, Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Sociedade de Psiquiatria de MS, Vigilância Sanitária, entre outros.

O vereador Dr. Cury (SD), autor do projeto, afirma que é comprovada a influência positiva que os animais têm na saúde humana. Proposta semelhante já foi adotada em alguns hospitais do Brasil, diz, a exemplo do Albert Einsten, em São Paulo.

“Acredito que a possibilidade do animal de estimação visitar seu dono no momento de uma enfermidade poderá sim, ajudar na recuperação”.

Se aprovada, a entrada do animal dependerá de autorização da comissão de infectologia do hospital, e, solicitação e autorização do médico responsável pelo paciente, não sendo permitida a entrada nos setores de isolamento, de quimioterapia, de transplante, de assistência a pacientes vítimas de queimaduras, central de material e esterilização, de unidade de tratamento intensivo – UTI, áreas de preparo de medicamentos, farmácia hospitalar e áreas de manipulação, processamento, preparação e armazenamento de alimentos.

 

Mais notícias