Lâmpadas de LED falham e trocas serão feitas sem custos por 5 anos

Luzes piscando ou apagadas geram reclamações de moradores

Recém-instaladas em várias regiões de Campo Grande, principalmente nas avenidas, as são motivo de comemoração para moradores que agora têm ruas iluminadas. Problemas em algumas lâmpadas, no entanto, destoam o cenário em várias vias. Falhas registradas em várias lâmpadas que piscam ou param de funcionar farão com que os itens sejam trocados pelo prazo de 5 anos sem custos para o município.

A Avenida Costa e Silva e Gury Marques são algumas que têm luzes piscando e algumas apagadas. Essa é reclamação dos leitores que na manhã desta sexta-feira (13) denunciaram a situação ao Jornal Midiamax.

A principal queixa é a lâmpada que ficou acesa apenas no primeiro dia de instalação localizada na Costa e Silva, em frente à concessionária Enzo. Um funcionário que não quis se identificar trabalha em uma auto-peças próximo ao local. Segundo ele, as lâmpadas trocadas teriam funcionado apenas no primeiro dia

“Precisamos de supervisão dos órgãos, por conta da escuridão nesses locais. Ali é um local do fluxo grande veículos”, explica o funcionário. A outra reclamação foi de algumas lâmpadas que estariam funcionando, porém com mal contato. As lâmpadas que estariam “piscando” estão localizadas no canteiro central e nos postes laterais na Avenida Gury Marques.

Segundo os leitores, a partir da rotatória da Coca-Cola até o final, o problema continua, mas o ponto crítico é entre o Terminal Morenão e Avenida Salgado Filho. “As lâmpadas foram colocadas em diversos pontos, mas a prefeitura tem que colocar uma equipe para fazer revisão nesses locais”, conclui o funcionário.

O Jornal Midiamax procurou a prefeitura de Campo Grande que afirmou ter comprado 46 mil lâmpadas e que elas têm 5 anos de garantia. Todas com defeito, segundo o município, serão trocados sem nenhum custo para os cofres públicos.

Lâmpadas de na Capital

A Prefeitura instalou 5 mil nas Avenidas da Capital. As avenidas que tiveram suas lâmpadas trocadas foram: Euler de Azevedo, Cônsul Assad Trad, Marechal Deodoro/Gunter Hans; Afonso Pena, Joaquim Dornelas/Orla Morena e Duque de Caxias/Solon Padilha.

O planejamento ainda prevê a troca da iluminação em alguns parques e praças de Campo Grande. Até o momento, segundo a prefeitura, 633 lâmpadas foram colocadas nas praças nos últimos dois meses.

A prefeitura planeja realizar o incremento das 46.250 até o final de 2020 e o investimento é de R$ 25 milhões na compra das lâmpadas e outros R$ 6 milhões para a instalação. Somente 15% da iluminação é com lâmpadas e com a nova instalação, a cidade ficará com 57% iluminada com luz de . Colaborou Vinicius Costa e Aliny Mary Dias

 

Lâmpadas de LED falham e trocas serão feitas sem custos por 5 anos
Mais notícias