Idoso é multado em R$ 14 mil por causar erosão em propriedade rural de MS

Vai responder por crime ambiental com pena de 1 a 4 anos de prisão

Um produtor rural de 87 anos, que não teve a identidade revelada, foi multado em R$ 14.350 pela PMA (Polícia Militar Ambiental) de Campo Grande, por uma erosão que carregou sedimentos causando poluição em um curso d’água dentro de uma propriedade em Terenos, a 28 quilômetros da Capital.

De acordo com a PMA, os policiais realizavam fiscalizações nesta terça-feira (12) e constataram que na propriedade era realizada atividade de piscicultura devidamente licenciada pelo órgão ambiental, mas o canal de derivação arrombou formando uma grande voçoroca que levou uma grande quantidade de sedimentos para o córrego, causando assoreamento e poluição do curso d’água.

O infrator é morador de São Paulo, SP e, além da muilta, foi autuado administrativamente e responderá por crime ambiental de poluição, com pena prevista de um a quatro anos de prisão, se condenado.

Ele também foi notificado e deve realizar um PRADA (Plano de Recuperação de Áreas Degradadas e Alteradas), junto ao órgão ambiental.

Mais notícias