Família que perdeu tudo em incêndio causado por carregador de celular pede ajuda

Eles vieram do interior de São Paulo para trabalhar com vendas e perderam quase tudo que tinham

A família de Hellen Venâncio da Cunha, 32 anos, está precisando de ajuda após perder quase tudo em um incêndio que atingiu a casa onde moram de aluguel na manhã desta quinta-feira (22). Vindos da cidade de Andradina, interior de São Paulo, eles chegaram em Campo Grande há dois meses para trabalhar com vendas e ainda tiveram parte da mercadoria queimada.

Segundo Hellen, o fogo começou no quarto e atingiu o restante da residência que ficou parcialmente destruída. “O fogo começou no quarto, mas atingiu o restante da casa. Agora a gente precisa reformar para continuar morando na casa que é alugada”, disse.

Na residência moram Hellen, o marido e três filhos (dois meninos – 16 anos e um ano e meio– e uma menina de 14 anos), e conforme informado pela mulher, a maior parte das roupas de dois filhos foi perdida. “A roupa dos meninos que estavam no quarto onde começou o incêndio queimou tudo. Além dos colchões, o berço, a geladeira da gente. A gente também precisa de ajuda para reformar a casa, perdemos R$ 6 mil em produtos das nossas vendas. Não temos renda fixa, dependemos dessas mercadorias para viver”, explicou.

O incêndio que atingiu o local, segundo o Corpo de Bombeiros, teria começado com um aparelho que estava ligado a um carregador em uma tomada no quarto onde os meninos dormiam, então tudo foi queimado, conforme explicou a mulher.

“Perdemos fraldas, roupas dos meninos, nossas coisas –minha e do meu marido- que estavam naquele quarto, móveis da sala, cozinha. Só o quarto da minha filha que ficou intacto. Nós estamos aceitando qualquer tipo de ajuda e doação. Roupa, tinta, fralda, móveis. Qualquer coisa.”, concluiu.

Quem quiser ajudar a família pode entrar em contato com a Hellen pelo telefone (18) 9 9187-6553.

Mais notícias