Publicidade

Governo quita R$ 3,2 milhões em salários atrasados em Hospital Regional

Foi repassado outros R$ 11 milhões para investimento em todos os municípios

Os atrasos no pagamento dos salários de alguns funcionários do Hospital Regional de Ponta Porã foram quitados nesta semana pelo Governo do Estado. O valor referente aos benefícios e encargos trabalhistas somaram cerca de R$ 3,2 milhões, devido a rescisão no contrato com a antiga gestora da unidade hospitalar.

Além desse valor, que serviu para quitação dos atrasos, o governo repassou uma verba de outros R$ 11 milhões para FIS/Saúde (Fundo para Investimentos Sociais em Saúde), recurso que é distribuído aos 79 municípios do Estado para ajudar nos investimentos na área da saúde.

Na última semana, o secretário da pasta e responsável pela área da saúde em Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende afirmou que os pagamentos não haviam sido realizados por conta de um “entrave judicial” e por isso, o repasse do mês de março ficou interrompido. A liberação dos recursos ocorreu nesta semana e os funcionários receberam os benefícios de março e abril.

Desde o mês de março, a administração do Hospital Regional José Simone Netto passou a ser gerida pelo Instituto Acqua por determinação de nova OS (Organização Social), onde o principal objetivo é melhorar o atendimento também de outros sete municípios, totalizando 220 mil habitantes.

Mais notícias