Prefeita se reúne com Reinaldo sobre impasse na educação de Dourados

Mais de 600 alunos da Reme e 296 do Estado podem ser prejudicados

A situação de mais de 600 alunos da Reme (Rede Municipal de Dourados) e de 296 da  Escola Estadual Nelson de Araújo, que está sendo transferida para a Prefeitura,  será novamente discutida nesta quinta-feira às 14h30. Desta vez a reunião acontece em Campo Grande entre o governador Reinaldo Azambuja,  a  prefeita Délia Razuk e os secretários de  educação do Estado e do Município.

Desde que o impasse foi criado em relação às propostas de municipalização e também de fechamento das salas  de aula de 8 º e 9 º , de cinco escolas municipais,  professores e pais de alunos estão tentando uma negociação com a prefeitura e também com o governo do Estado.Pressionada pela comunidade escolar  e aconselhada pelos membros da Comissão de Educação da Câmara, a prefeita  Délia Razuk, concordou em pedir uma audiência com o Governo do Estado para tentar resolver o problema.

Segundo João Xavier de Campos Júnior  , presidente da APM (Associação de Pais e Mestres) da Escola Estadual Nelson de Araüjo,  a proposta  de municipalização da unidade  é extremamente prejudicial à comunidade. Segundo eles, que já apresentaram denúncia formal ao (MPE) Ministério Publico Estadual, além de deixar alunos sem aulas, uma vez que a Prefeitura ainda não está totalmente comprometida com o processo e com a demanda que ele irá exigir, pode causar impacto na qualidade da educação .

“Nossa posição sempre foi e será contrária a troca de turmas com o estado. A proposta é manter cada turma em sua devida rede”, afirma a vice-presidente do Simted (Sindicato dos Trabalhadores em Educação em Dourados), reafirmando que a todas as decisões estão sendo tomada à revelia da comunidade escolar.
Ela também ressalta que  com essa troca o município terá prejuízos e categoria muito mais, já que a medida coloca em risco o emprego de  professores.

 

Prefeita se reúne com Reinaldo sobre impasse na educação de Dourados