Força-tarefa de combate aos incêndios florestais em MS será desativada neste sábado

Os focos de calor foram extintos no Pantanal, onde ocorreram as queimadas mais intensas desde o mês de agosto

A força-tarefa de combate aos incêndios florestais em Mato Grosso do Sul será desmobilizada neste sábado (28), a partir das 10 horas. A confirmação se deu com base nos sobrevoos realizados nesta sexta-feira (27) pela aeronave do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal e pelo helicóptero da Polícia Militar de São Paulo, em que se verificou que os focos de calor foram extintos no Pantanal, onde ocorreram as queimadas mais intensas desde o mês de agosto.

“O monitoramento aéreo e o trabalho de rescaldo nas últimas 72 horas nos deram tranquilidade para a tomada de decisão”, informou o tenente-coronel Huesley Pinto da Silva, que esteve à frente da Sala de Situação do SGI (Sistema de Comando de Incidentes), montada no quartel do Corpo de Bombeiros de Aquidauana. A partir deste sábado (28), segundo ele, a vigilância e a operação anti-incêndios serão assumidas por cada unidade do Corpo de Bombeiros.

Último foco

O SGI deliberou também que o helicóptero “Águia 14”, cedido pelo Governo de São Paulo, retorna à sua base no sábado, enquanto o avião “Nimbus”, do Distrito Federal, permanecerá no Estado até domingo (29). A força-tarefa contou com a participação de quase 500 brigadistas, sendo 300 somente do Corpo de Bombeiros do Estado e 34 da corporação do Distrito Federal.

Os últimos combates por terra contra incêndios florestais no Pantanal ocorreram na quinta-feira (26). Após sobrevoos, foi identificado um pequeno foco na Fazenda Porto Ciríaco, entre os pantanais de Corumbá e Aquidauana, extinto durante ação de uma equipe de brigadistas transportada ao local pelo helicóptero. As frentes de combate permanecerão em alerta até este sábado, quando deverão ser desmobilizadas.

Mais notícias