Fogo destrói 6 hectares de terreno e quase atinge sede de projeto em Campo Grande

Bombeiros receberam dezenas de chamados de incêndio nesta sexta

Seis hectares de um terreno particular foram destruídos pelas chamas na avenida Consul Assaf Trad, em Campo Grande. O fogo quase atingiu a sede do Projeto Florestinha, da PMA (Polícia Militar Ambiental), e um barracão de uma empresa de materiais recicláveis, mas foi controlado a tempo pela equipe do Corpo de Bombeiros. A corporação já recebeu dezenas de chamados de incêndio em toda a cidade na tarde desta sexta-feira (16).

A fumaça chamou atenção e assustou quem passava pela região, já que tomou grande parte dos bairros mais próximos, entre os condomínios do Alphaville e o bairro Nova Lima. De acordo com as informações dos militares, o fogo começou próximo a um córrego e consumiu rapidamente a vegetação até chegar no terreno – de 15 mil metros quadrados.

Os bombeiros utilizam um caminhão pipa para fazer o combate dos últimos focos no local, para depois realizar o trabalho de rescaldo. Ainda não foi informada a quantidade de água usada para o combate ao fogo.

A preocupação maior foi com a sede do projeto, onde havia 60 crianças. Contudo, os militares dos bombeiros informaram que as crianças já estavam sendo liberadas no momento em que o fogo começou e não inalaram a fumaça.

Mais notícias