Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Fiscalizações em alimentos resultaram em 187 estabelecimentos multados na Capital

Ações contaram com a participação do Procon Municipal

Em 2018, a Sefal (Serviço de Fiscalização de Alimentos) realizou mais de 3 mil inspeções contra práticas irregulares em estabelecimentos comerciais de Campo Grande.

Além do número divulgado, o órgão realizou 2.426 serviços de reinspeção e atendeu 342 denúncias. O serviço expediu 187 autos de infração, executou o cadastramento de 119 novos estabelecimentos e liberou 1.722 licenças sanitárias.

Conforme o secretário municipal de saúde, Marcelo Vilela, a alta demanda é reflexo de uma melhoria no processo de trabalho. Vilela afirmou que a ação assegura maior efetividade.

“O serviço desempenhado pela Vigilância Sanitária é extremamente importante, principalmente quando falamos da fiscalização da qualidade dos alimentos que vão para as mesas da população”, informou.

A Sefal atua no controle sanitário de estabelecimentos que comercializam alimentos. O serviço fiscaliza a estrutura física, qualidade dos produtos, saúde dos trabalhadores e boas práticas de produção.

Irregular

Nesta semana, uma unidade de grande rede atacadista de Campo Grande foi autuada pelo Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) depois de cometer irregularidades na venda de produtos. Na unidade do Fort Atacadista, localizada na Vila Rica, fiscais encontraram produtos vencidos e impróprios para consumo.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...