Fim da seca? Após 41 dias, pode chover em Campo Grande no fim de semana

Deverá chover em cidades da região Sul e Central de Mato Grosso do Sul no domingo

Clamando por uma chuvinha para acabar com o tempo seco e a baixa umidade do ar, os moradores talvez terão os pedidos atendidos no próximo final de semana. Isso porque um sistema frontal tem avançado para Mato Grosso do Sul e deverá causar chuvas significativas nas cidades, inclusive em Campo Grande, que está há 41 dias sem chover.

Conforme a coordenadora do Cemtec (Centro de Monitoramento de Tempo e do Clima), Franciane Rodrigues, a última chuva expressiva que aconteceu em Campo Grande foi em 16 de julho, com registro de 10,2mm. No último 16 de agosto, aconteceu pancadas de chuvas isoladas em bairros mais afastados do centro da cidade, mas registro foi mínimo, 1,6mm.

Nesta terça-feira (27), o nível de baixa pressão estabilizou o céu de MS e, de acordo com o Cemtec, na madruga chuviscos foram registrados nas cidades da região do Pantanal, Sul e Sudoeste.

Fim da seca?

Quem sempre olha a previsão do tempo pelo celular, pode ter se deparado com um ícone de nuvem e um raio na previsão do próximo domingo (1) em Campo Grande. Mas será? De acordo com Franciane Rodrigues, sim. E pode até ‘virar’ para a segunda-feira (2).

A possibilidade de chuva no fim de semana pode acontecer devido a um sistema frontal que avança a MS deve dar outra cara para o clima das cidades. As chuvas mais significativas deverão acontecer na região Sul e Central do estado, onde estão localizadas cidades como Dourados e Campo Grande, por exemplo.

Se de fato chover somente no domingo na Capital, o tempo de estiagem poderá superar o do ano passado, quando Campo Grande ficou 44 dias sem chuva, enquanto neste ano poderá chegar a 45 dias.

Mais notícias