Sob controle: em um mês, Campo Grande reduz em 30% casos de dengue

Sesau registrou 2,9 mil casos a menos da doença em maio, com relação a abril

Os casos notificados de dengue em Campo Grande foram reduzidos em 30% em maio, conforme o boletim epidemiológico da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). A epidemia da doença foi controlada e, diferente do registrado em abril, com 9,6 mil casos, maio teve 6,7 mil notificações.

De janeiro até agora, foram registrados 35.439 casos, sendo 8.768 confirmados e oito óbitos. Os casos de zika e chikungunya somam 357 e 178, respectivamente.

Na avaliação do secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho, o resultado é reflexo das ações de enfrentamento que vem sendo executadas pela secretaria, através da Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais (CCEV), e parte também da conscientização da população de que é necessário o envolvimento de todos no combate ao mosquito.

” Foi necessário um esforço muito grande e envolvimento de todos para que a gente pudesse enfrentar o cenário em que encontramos, mas felizmente estamos vencendo a epidemia de dengue e vamos nos manter vigilantes”, disse.

Apesar da redução no número de casos, as ações de rotina e os mutirões continuam sendo intensificados, principalmente nos bairros onde ainda há uma concentração maior de casos notificados das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

Sob controle: em um mês, Campo Grande reduz em 30% casos de dengue
Mais notícias