Enem: organizar tempo e ler com atenção são dicas importantes para último dia de prova

Candidatos terão 5 horas para fazer as avaliações de Matemática e Ciências da Natureza

Neste domingo (10) estudantes de 1.727 municípios do país enfrentarão o último dia de provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Eles terão cinco horas para fazer as avaliações de Matemática e Ciências da Natureza — que reúne as questões de Química, Física e Biologia —, consideradas por muitos estudantes como as “vilãs” do exame. Para isso, é preciso organizar bem o tempo para responder as questões, principalmente as que envolvem contas, e ler com atenção.

Embora 5,1 milhões de estudantes no Brasil tenham se inscrito no exame deste ano, cerca de 1,2 milhão não compareceram no primeiro dia da prova, realizado no último domingo, o que representa uma taxa de 23,1% de abstenção. Em Mato Grosso do Sul, o (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) constatou que 52,7 mil compareceram à prova, e 17,6 mil se ausentaram.

De acordo com Virginia Chaves, professora de Biologia de uma plataforma de ensino, o aluno deve se preparar para responder questões de ecologia, tema recorrente no exame. Além disso, é preciso estar atento a temas de atualidades.”Se o Enem mantiver o padrão dos anos anteriores, acho que podemos esperar questões ligadas aos efeitos da tragédia em Brumadinho, por exemplo, e outros assuntos que foram muito discutidos este ano”, afirma.

Já para Dhiego Alex Moreira, professor de Matemática, os candidatos devem se preparar para responder a questões de porcentagem, análises de gráficos e tabelas. Além disso, é provável que a banca cobre análise combinatória, geometria plana e espacial. O professor explica que, para ter um bom rendimento nessa avaliação, não basta só focar nos números, é fundamental saber interpretar textos e extrair deles informações.

Além de ler os enunciados com atenção, o candidato deve organizar bem o tempo. O Dhiego recomenda que os estudantes comecem a responder a prova pelas questões mais fáceis e deixem as mais complexas para um segundo momento. Assim, o candidato não perde tempo e evita responder perguntas de menor dificuldade de forma aleatória. “Não faz sentido ele errar uma questão de porcentagem simples, mas acertar outra de probabilidade complexa. Não é coerente do ponto de vista pedagógico. Isso pode até mesmo prejudicar a nota do candidato, por causa do TRI, método de correção do Enem que leva em consideração a complexidade da questão”, explica.

O que levar na prova?

Para quem estiver em dúvida sobre o que levar, a caneta é o único material permitido. Ou seja, estudantes podem deixar lápis, borracha e apontador em casa. Outro detalhe importante é a cor da caneta. Esqueça o meme da caneta azul, o Enem só permite o uso da caneta preta que seja de tubo transparente.

Outra regra importante é sobre o lanche para a hora da prova. De acordo com as regras, quem não permitir que o fiscal de prova vistorie o lanche levado à sala de prova também pode ser punido com eliminação.

A dica do Ministério da Educação para os alunos é que antes de entrar na sala, guardem os objetos não permitidos no envelope porta-objetos, feche o lacre e deixe debaixo da sua cadeira até terminar a prova. Os candidatos ainda devem conferir com atenção os dados no cartão-resposta e na folha de redação, além dos dados na ficha de coleta do dado biométrico.

Atente-se ao horário

Em Mato Grosso do Sul, pelo menos 70 mil candidatos devem participar do Exame. Os portões serão abertos 11h e fechados às 12h, no horário de MS. As provas começam a ser aplicadas às 12h30 e vão até as 17h30. Os participantes terão meia a hora a menos que no domingo passado (3), quando fizeram as provas de redação, linguagens e ciências humanas.

Enem: organizar tempo e ler com atenção são dicas importantes para último dia de prova
Mais notícias