Em 5 meses, MS registrou aumento de 61% dos focos de incêndio em relação a 2018

Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais mostram que MS já teve 1174 focos de incêndio

Nos primeiros cinco meses de 2019 Mato Grosso do Sul já contabilizou 1174 focos de incêndio, número que representa aumento de 61% em relação ao mesmo período de 2018, quando apenas 454 foram registrados de janeiro a maio.

De acordo com dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), o valor é o maior dos últimos cinco anos em Mato Grosso do Sul. Em 2015 foram registrados 509 casos, o ano seguinte houve leve aumento, subindo para 567. Já em 2017 os focos de incêndio no Estado chegaram a 770.

O Estado está na quarta posição no ranking divulgado pelo Inpe, considerando dados até esta segunda-feira (3). Ele só fica atrás de Roraima (4600 focos), Mato Grosso (4368) e Bahia (1412).

Outro levantamento do Inpe mostra que o município sul-mato-grossense de Corumbá é o segundo do país com o maior número de focos, com 643, até esta segunda-feira. A cidade com a maior quantidade de focos do país é Caracaraí (RR), com 1379 focos.

Mais notícias