Em 3 meses, ONG que atende vítimas de abuso sexual é roubada pela segunda vez

Instituição precisa de ajuda para recuperar as coisas

Criada em 2011, a ONG (Organização Não Governamental) Projeto Nova, que atende 28 famílias de vítimas de abuso e exploração sexual, foi invadida na madrugada desta quinta-feira (16). É a segunda vez que criminosos entram no local em três meses.

De acordo com a psicanalista e coordenadora da ONG, Viviane Vaz, os bandidos arrombaram uma das janelas e levaram duas televisões e um notebook da marca Dell. Além de dois botijões de gás industrial e uma máquina de cortar grama. “Essa é a segunda vez esse ano que entram na ONG, levaram uma das televisões que acabamos de ganhar após o roubo do começo do ano, em que levaram TV, notebook, tablete e celulares. Mesmo com o alarme eles levaram as coisas”, contou.

Viviane relatou que às 3h, uma das janelas foi quebrada e entraram no local. “Nós temos alarme, mas não temos câmeras, tem um custo alto, e sabe como é difícil para uma ONG que não tem fins lucrativos. Dependemos de ajuda para conseguir as coisas. Ainda tem o custo da depreciação do local”, explica.

Ainda conforme a psicanalista, um B.O. (Boletim de Ocorrência) foi registrado e agora eles esperam encontrar os criminosos. “Agora a gente espera recuperar as coisas e encontrar quem fez isso, já registramos o boletim de ocorrência. Muito difícil, passar por isso novamente”, conclui.

Projeto Nova

A ONG presta atendimentos psicossociais às vitimas de abuso e exploração social e suas famílias através de acompanhamento psicológico individual, oficinas de fortalecimento de vínculo com atividades pedagógicos, com terapias individuais.

O Projeto Nova fica na rua Bernardo Franco Baís, 515, no bairro Vila Carvalho. E quem souber de algo, ou deseja ajudar a ONG que atende crianças e famílias vítimas de abuso e exploração sexual pode entrar em contato nos telefones (67) 3324-4200 / 99974-8271 ou no 99248-7944. Ou através do site da instituição.

Mais notícias