Publicidade

Dos 25 remédios em falta no país, dez não estão disponíveis em MS

Prazo para reposição depende do Ministério da Saúde

Dos 25 medicamentos em falta, em todo o país, a SES (Secretaria de Estado de Saúde), informou que na Casa da Saúde, localizada em Campo Grande, 10 deles não estão disponíveis.

Reclamação constante pelos leitores do Jornal Midiamax, a equipe de reportagem tentou contato via e-mail ainda nesta quarta-feira (22), com a secretaria, que informou nesta quinta-feira (23), a situação dos medicamentos.

Segundo a SES, inicialmente faltavam cinco medicamentos, mas o número já subiu para 10, e por depender do Ministério da Saúde, por isso a secretaria não pode dar um prazo para reposição

Estão em falta os medicamentos, para artrite reumatoide – Abatacepte 125mg. Três para hepatite B  – Entecavir, Imunoglubulina anti hepatite B 100U,  Imunoglubuljna anti hepatite 600U – um para esclerose – Fingolimode.

Além de para tratamento de câncer – Everolimo 0,5mg – dois para transplantados – Sirolimo 2 mg e Tacrolimo 1 e 5 mg –  um para hemofílicos – Deferosirox – e um para Alzheimer –  Rivastigmina adesivo.

Sobre o que ocasionou a falta e o prazo para reposição, o Jornal Midiamax entrou em contato com o Ministério da Saúde e aguarda o retorno.

Mais notícias