Diretor da Emha vai à Câmara explicar projeto que transforma hotel em casas

Prefeitura tem projeto de R$ 38 milhões para transformar Hotel Campo Grande em casas populares

O diretor-presidente da Emha (Agência Municipal de Habitação), Eneas Carvalho, vai à Câmara Municipal de Campo Grande para explicar detalhes do projeto que prevê adaptar o Hotel Campo Grande, no Centro da cidade, em casas populares. Quem confirma a ida é o líder do prefeito na Casa de Leis municipal, vereador Chiquinho Telles (PSD).

“Muitas vezes as pessoas criticam sem conhecer o projeto e ele vem com a equipe técnica para sanar as dúvidas”, afirmou nesta quinta-feira o líder. A vinda do diretor-presidente está prevista para próxima terça-feira.

Alguns parlamentares criticaram o projeto anunciado pela Prefeitura de Campo Grande em 19 de agosto.  A ideia é desapropriar o prédio, localizado na Rua 13 de Maio, quase esquina com Rua Cândido Mariano Rondon, para transformá-lo em 117 apartamentos de até 30 m², voltados para pessoas de baixa renda, é uma das apostas da Prefeitura para aumentar a população no Centro e, assim, resolver problemas urbanísticos decorrentes de desocupações e economizar com a infraestrutura, já que o Centro já dispõe de todo o aparato.

Mais notícias