Dia das Crianças: Procon fiscaliza lojas da Capital para verificar preço dos brinquedos

De acordo com a pesquisa, há uma variação de até 426,36 % nos preços de um mesmo produto

Uma das datas de maior movimentação de vendas no comércio é o Dia das Crianças e devido a essa grande procura por presentes, o Procon/MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) realizou uma ação, entre os dias 24 de setembro a 1º de outubro, onde verificou os preços dos produtos mais procurados nesta ocasião.

De acordo com a pesquisa, há uma variação de até 426,36 % nos preços de um mesmo produto como, por exemplo, o triciclo de passeio com haste – em estabelecimentos diferentes. Em compensação, há produtos que são encontrados com preços iguais nos diversos locais onde são postos à venda.

No levantamento foram pesquisados 155 itens em oito estabelecimentos. Desse total, são divulgados 119 produtos, pelo fato dos restantes serem encontrados em menos de três locais.

Para demonstrar a evolução dos preços deste ano em relação ao ano passado, foi elaborado um comparativo onde se chegou a conclusão de que houve aumento nos valores cobrados em alguns produtos, mas em contrapartida, verificou-se também queda de preços de alguns itens. Em se tratando de acréscimo, a motoca com haste ficou 31,39% mais cara. Já o boneco denominado Miraculous – marinette de 55 centímetros, teve queda de 71,48 % no preço.

Com relação aos valores de 2019, os  estabelecimentos pesquisados foram Havan, no bairro Coronel Antonino, Americanas na rua Marechal Rondon, Paulistão, na rua Rui Barbosa, Pirlimpimpim, na Marechal Rondon, Ri Happy, no shopping Campo Grande, Walmart, na avenida Mato Grosso, Zaz Traz, na rua Goiás e Tony Toys, no shopping Bosque dos Ipês.

Mais notícias