Depois de cinco horas de confecção, fiéis terminam tapete de Corpus Christi no Centro de Campo Grande

Às 15 horas, o arcebispo de Campo Grande, dom Dimas Lara Barbosa ministra missa na Rua 13 de Maio com a Rua Antônio Maria Coelho

O tapete de Corpus Christi está pronto depois de cinco horas de elaboração na Rua 13 de Maio, no Centro de Campo Grande. Os fiéis começam a deixar a via, no cruzamento com a Rua Antônio Maria Coelho, onde está montado o palco para missa das 15 horas.

A tradicional montagem começou às 6h30 desta quinta-feira (dia 20), data em que é celebrado o ministério da eucaristia, que é o sacramento do sangue e corpo de Jesus Cristo.

Ao todo, membros de 48 paróquias se reuniram entre a Avenida Mato Grosso até a Avenida Fernando Corrêa da Costa. Cada paróquia fica responsável por um trecho. São 1,2 km de tapete.

A partir das 15 horas, o arcebispo de Campo Grande, dom Dimas Lara Barbosa ministra missa na estrutura montada na Rua Antônio Maria Coelho com a Rua Fernando Corrêa – uma procissão com rezas e bênçãos seguirá até a via.

De acordo com a Arquidiocese da Capital, as ruas que cruzam a 13 não foram interditadas, mas a Agetran (Agência Municipal de Transito) faz a supervisão do trânsito.

 

Mais notícias