Publicidade

Contribuinte tem até quinta-feira para pagar IPTU com 20% de desconto

Os contribuintes têm até a próxima quinta-feira (10) para pagar o IPTU/2019 com 20% de desconto. De posse do carnê, o contribuinte pode pagar o IPTU/2019 em qualquer agência bancária conveniada.

Já o contribuinte que não recebeu ou extraviou o carnê  pode conseguir a segunda via no site da Prefeitura.

O contribuinte que fizer o pagamento à vista no dia 10 de fevereiro terá 10% de desconto. Já aqueles que optarem por fazer o pagamento parcelado, em até dez vezes, terão 5% de desconto, que será concedido por parcela, desde que quitada até a data de seu vencimento.

Para receber o carnê em casa o contribuinte pode atualizar o endereço pelo site: www.campogrande.ms.gov.br

Parcelamentos:

 

Parcela única: Até R$ 50,00

 

Duas parcelas: Acima de R$ 50,00 até R$ 100,00

Três parcelas: Acima de R$ 100,00 até R$ 150,00

Quatro parcelas: Acima de R$ 150,00 até R$ 200,00

Cinco parcelas: Acima de R$ 200,00 até R$ 250,00

Seis parcelas: Acima de R$ 250,00 até R$ 300,00

Sete parcelas: Acima de R$ 300,00 até R$ 350,00

Oito parcelas: Acima de R$ 350,00 até R$ 450,00

Nove parcelas: Acima de R$ 450,00 até R$ 500,00

Dez parcelas: Acima R$ 500,00

Quitação das parcelas vincendas do IPTU

Da 2ª a 10ª parcela 11 de março de 2019 7% (sete por cento).

Da 3ª a 10ª parcela 10 de abril de 2019 6% (seis por cento)

Da 4ª a 10ª parcela 10 de maio de 2019 5% (cinco por cento)

Da 5ª a 10ª parcela 10 de junho de 2019 5% (cinco por cento)

Da 6ª a 10ª parcela 10 de julho de 2019 5% (cinco por cento)

Da 7ª a 10ª parcela 12 de agosto de 2019 5% (cinco por cento)

Da 8ª a 10ª parcela 10 de setembro de 2019 5% (cinco por cento)

Da 9ª a 10ª parcela 10 de outubro de 2019 5% (cinco por cento)

Para obter os descontos o contribuinte não poderá estar inscrito na Divida Ativa com pendência de débitos.

Para mais informações, os contribuintes podem procurar a Central de Atendimento, antiga Câmara Municipal, localizada na Rua Arthur Jorge n. 500, Centro, das 8 às 16 horas, sem intervalo para o almoço. (Assessoria)

 

 

 

Mais notícias