Com prazo de 3 dias para emitir certificados, professores reclamam de atendimento

Profissionais convocados da Semed disseram se sentir humilhados pela situação

Com três dias para emissão de certificado na Semed (Secretaria Municipal de Educação), os professores convocados estão relatando dificuldades no atendimento no local na tarde desta terça-feira (3). Segundo eles, o início do processo foi nesta segunda-feira (2) e não há senhas o suficiente para que todos sejam atendidos até a quarta-feira (4), quando termina o prazo.

De acordo com os relatos dos profissionais, que preferem não se identificar, por falhas técnicas no sistema a inscrição foi para o processo seletivo foi prorrogada até o próximo domingo (8), mas para comprovação de títulos todos precisariam ir até a Semed fazer a troca dos certificados dos cursos fornecidos pela secretaria durante o ano.

“Eles pedem cinco certificados dos cursos de formação que a gente fez para trocar por um de 20h, o problema é que nós estamos trabalhando ainda. Teve professor que chegou aqui às 4h da manhã, quem chegou depois das 11h não conseguiu senha, e só temos até amanhã (quarta-feira) para fazer essa troca. Estamos nos sentindo humilhados”, relatou uma das profissionais.

Os relatos se repetem várias vezes, sobre o prazo apertado, a falta de estrutura para atender a demanda e de senhas para os profissionais. “Eles têm isso tudo no sistema, porque não fizeram isso de forma automática? Agora a gente chega aqui e é humilhado, desrespeitado. Nós precisamos desse emprego, e precisamos comprovar os títulos, estamos preocupados e desesperados com esse prazo”, desabafou outra professora.

A reportagem do Jornal Midiamax entrou em contato com a Semed para entender a situação e pedir esclarecimentos sobre a demora no atendimento, e aguarda o retorno.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Mais notícias