Com dois médicos atendendo, pacientes reclamam de lotação na UPA Leblon

Segundo a Sesau, estão 5 médicos escalados, mas 3 fazendo atendimentos graves

Com lotação da área externa até os corredores, os pacientes da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Leblon de Campo Grande estão desistindo do atendimento médico e indo para casa na tarde desta terça-feira (18) após passarem horas esperando.

Segundo informou uma leitora ao Jornal Midiamax, o filho está fazendo o acompanhamento de plaquetas por conta da dengue e a unidade está lotada desde a segunda-feira (17). “Cheguei a desistir dos exames ontem, mas preciso que ele tenha atendimento e a situação continua na mesma. O posto está lotado”. Apenas dois clínicos estariam chamando os pacientes.

De acordo com a última atualização do painel da transparência nos atendimentos de saúde, disponibilizado pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), estão escalados cinco médicos para o atendimento, mas apenas dois estão no ambulatório porque os outros três estão em atendimento na área vermelha, onde ficam os pacientes considerados graves.

A foto mostra a situação da recepção do local. (Foto: Whatsapp Midiamax)

Ainda segundo o painel de controle nos atendimentos nas unidades de saúde da Capital, até às 14h foram registradas 75 fichas de pacientes para serem atendidos por esses dois profissionais disponíveis no ambulatório.

Tem alguma denúncia? Fale com a equipe do Midiamax

As imagens e informações foram enviadas por um leitor, através do WhatsApp do Jornal Midiamax, pelo número (67) 99207-4330. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados aos jornalistas com total sigilo garantido pela lei.

Mais notícias