Com 500 na fila, bariátricas serão retomadas em agosto no HRMS

Procedimento estava suspenso há quase 4 anos no hospital

Em agosto de 2019, o HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul) deve retomar o serviço de cirurgia bariátrica. O atendimento será para pacientes encaminhados pelas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) já regulados no sistema.

De acordo com as informações, as consultas já começaram a ser realizadas, porém os pacientes devem passar ainda por avaliações criteriosas antes dos procedimentos.

O HRMS é habilitado desde 2007 para realizar o procedimento, porém há aproximadamente 4 anos, as cirurgias bariátricas estavam suspensas, devido à falta de estrutura adequada e profissionais especializados na área.
Ainda conforme as informações, em março de 2019, a SES (Secretaria de Estado de Saúde), junto com o HRMS, reativou o procedimento após avaliações.

Segundo dados da SES, atualmente são 500 pacientes aguardando na fila, e a expectativa é de realizar aproximadamente 16 cirurgias por mês.

Avaliação

Uma equipe do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, esteve no HRMS para verificar a estrutura do prédio e a possível adaptação dos espaços onde as cirurgias seriam realizadas.

Conforme informações, foi oferecida uma capacitação acadêmica para os profissionais que farão parte do setor de cirurgias bariátricas.

Sobre o espaço físico das enfermarias e a especialização da equipe médica, o HRMS e a Funsau (Fundação Nacional de Saúde) fizeram um acordo onde ficaram especificados alguns critérios para seleção dos pacientes quer serão submetidos ao procedimento bariátrico.

No pacto, os pacientes só podem ser admitidos para a cirurgia se estiverem com até até 45 kg/m² de IMC (Índice de Massa Corporal) e peso máximo de 150 kg.

Atualmente a equipe de cirurgiões é composta pelos médicos  Luis Fernandes Ferreira e Márcio Eduardo de Souza Pereira, além da equipe multidisciplinar, enfermeiros, nutricionistas, psicóloga, assistente social e educadora física.

Mais notícias