Com 119 kg de peixes, três são presos por pescar na piracema

Eles usavam instrumentos de pesca proibidos no período

Três pescadores foram presos com mais de 119 kg de peixes pescados durante o período da piracema. A ação foi realizada pela PMA (Polícia Militar Ambiental) de Aquidauana na tarde da segunda-feira (9).

Dois dos infratores, que moram um em Aquidauana e outro em Campo Grande, foram flagrados em uma embarcação enquanto pescavam com redes e anzóis de galho – instrumentos proibidos durante a piracema. No barco foram encontrados sete unidades de peixes das espécies pintado e cachara, que pesavam 80 kg no total.

Ao serem abordados, os pescadores informaram os policiais que havia um terceiro infrator. Este foi encontrado na própria residência, perto do município de Aquidauana, e guardava cerca de 39 kg dentro de um freezer, os peixes eram das espécies pintado, cachara e jaú. Além do pescado foram encontrados dois rifles calibre 22 e quatro munições intactas do mesmo calibre, nenhum dos itens possuía documentação.

Os três foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana e responderão por crime ambiental de pesca predatória, com detenção prevista entre um a três anos, eles também foram multados em R$ 4,5 mil. O infrator proprietário da arma foi autuado em flagrante por crime de posse ilegal de arma de fogo, com pena prevista de um a três anos de detenção.

Mais notícias