Publicidade

Chuva rápida aumenta nível de córrego e alerta para alagamentos em Campo Grande

Córrego Prosa já foi causa de alagamentos anteriores e está cheio nesta sexta-feira

Com as pancadas de chuva rápidas que atingiram Campo Grande por volta das 10h30 na manhã desta sexta-feira (15), o nível do córrego Prosa aumentou e é um alerta para  alagamentos. O córrego já estava quase cheio na região da avenida Via Park e da Ricardo Brandão.

Como a previsão é de pancadas de chuva para o resto do dia em Campo Grande, novos alagamentos podem acontecer. Vale lembrar que as duas regiões foram cenário de cenas preocupantes nas últimas fortes chuvas da Capital, quando a água do córrego transbordou, invadiu as avenidas e chegou a arrastar carros.

A via Park e a Ricardo Brandão estão entre as avenidas com maiores riscos de alagamento, de acordo com a Defesa Civil Municipal. Confira a lista completa:

  • Avenida Mato Grosso com a Rua Bahia
  • Avenida Mato Grosso com rua Rio Grande do Sul
  • Ponte da Eça de Queiroz com a Avenida Ernesto Geisel
  • Avenida Euler de Azevedo com a Avenida Ernesto Geisel
  • Avenida Ernesto Geisel com a Avenida Rachid Neder
  • Avenida Fernando Correa da Costa com a Rua Bahia
  • Avenida Fernando Correa da Costa com a Rua Rio Grande do Sul
  • Avenida Ricardo Brandão com a Rua Joaquim Murtinho
  • Avenida Guaicurus, altura do Córrego Balsamo
  • Avenida Senador Felinto Muller, no Lago do Amor
  • Avenida Neli Martins (Via Park)

Outros pontos costumam ter acumulo de água, mas os mais graves são os citados acima, conforme levantamento da Defesa Civil. Na última chuva forte que atingiu Campo Grande, policiais resgataram uma família ilhada em HB20 e, inclusive, alagou ponto inesperado no viaduto do Bairro Maria Aparecida Pedrossian, saída para Três Lagoas, em Campo Grande.

Mais notícias