Chuva derruba barracos e comunidade indígena precisa de ajuda no Noroeste

São 48 famílias que vivem de forma precária e dias chuvosos pioram a situação no local

Vivendo em uma situação precária, há pelo menos 10 anos, as 48 famílias da Comunidade Indígena Estrela do Amanhã, localizada no Jardim Noroeste, em Campo Grande, estão precisando de ajuda. Com as chuvas que ocorrem pelo menos 10 barracos já caíram no local e os moradores estão perdendo o pouco que tem.

De acordo com uma das moradoras, Tânia Mara, até as fossas no local já estão desabando. “Nós já pedimos socorro do poder público, mas até agora nada. Nós estamos correndo risco do jeito que está agora. Até fossa está desabando”, relatou.

Tânia, esposa do Cacique da comunidade, relatou que as 48 famílias que atualmente vivem no local estão há 10 anos esperando por uma resposta, mas com a chuva que atinge a região desde a última semana, a situação ficou pior. “Da semana passada até agora pelo menos 10 barracos estão numa situação desesperadora. As famílias estão perdendo tudo. Peço ajuda para a minha comunidade”, desabafou.

Quem quiser ajudar as famílias da comunidade Estrela do Amanhã, pode entrar em contato pelo telefone (67) 9 9128-1328. Ela e o marido, o Cacique Agno de Almeida, estão arrecadando lona, material para levantar os barracos que caíram, roupas e calçados para adultos e crianças, alimentos e móveis.

Mais notícias