Carteira digital do trânsito passa a ter biometria e licenciamento do veículo em aplicativo

Duas novas funcionalidades passou a vigorar na CDT (Carteira Digital de Trânsito) a partir de terça-feira (19). O aplicativo que já consta com a carteira de motorista e também com o documento do veículo, poderá agora ser acessado via biometria, cadastrado pelo celular da pessoa que possuir leitor de impressões digitais e também com a chave de acesso de quatro dígitos.

A segunda novidade está presente na documentação do veículo, que poderá trazer informações sobre o ano do último licenciamento feito pelo dono do veículo e facilitar assim, a identificação de taxas que forem pagas para liberação do veículo. A atualização pode ser feita manualmente ou automaticamente desde que a opção esteja selecionada no aplicativo.

A versão digital da CRLV (documentação do veículo) é utilizada em Mato Grosso do Sul e outros oito estados e o Distrito Federal. Cerca de 1,5 milhão de motoristas já possuem a CNH digital.

Como obter

Para ter acesso aos documentos eletrônicos, é preciso que a pessoa faça o download do CDT (Carteira Digital de Trânsito) em alguma plataforma do dispositivo móvel, seja pela Play Store via sistema Android ou também pelo sistema IOS, pela loja da Apple para aplicativos.

Depois, basta fazer o cadastramento no aplicativo. O usuário recebe um e-mail e deve clicar no link para ativar o cadastro. Após a ativação, é preciso fazer login no aplicativo e clicar em “adicionar documento”, que será a CNH ou o CRLV digitais.

Mais notícias