Bolsonaro homenageia criança autista que foi excluída de festa em Campo Grande

Arthur foi excluído de festa por ter autismo e ganhou festa depois da discriminação

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) participou pela manhã desta terça-feira (3) de uma homenagem ao Arthur, de 2 anos. Quem acompanhou as reportagens do Jornal Midiamax sabe o preconceito que a criança viveu após ser excluída de festa por ter autismo. O caso repercutiu, Arthur ganhou uma festa e história chegou até o presidente.

Conforme publicou a ministra Damares Alves em seu perfil do Instagram, o evento foi organizado pelos funcionários do Ministério da Mulher, Família e Direito Humanos.

A primeira-dama, Michele Bolsonaro, foi convidada e, mesmo fora de sua agenda oficial, o presidente compareceu na homenagem. Inclusive, segurou Arthur no colo.

Sara Onori, mãe de Arthur, publicou em sua rede social a foto do filho com Jair Bolsonaro e escreveu com a rashtag “Meu país apoia a minha causa”. Em agosto, Sara viralizou nas redes sociais após publicar a discriminação sofrida pelo filho.

Ela recebeu uma mensagem da mãe de um colega de Arthur dizendo que o menino não seria convidado para o aniversário de seu filho, pois ele poderia incomodar as outras crianças. “Seu filho é meio problemático”, disse a mulher na mensagem para ela. Após o evento no ministério, Sara disse que é preciso lutar contra o preconceito e a favor da inclusão.

Mais notícias