Publicidade

Bezerra nasce com duas cabeças em chácara no interior de MS

Filhote nasceu morto e a vaca que deu à luz está bem

Na tarde de domingo (28), outro fato curioso de anomalia aconteceu na chácara Santa Virgínia, na Colônia Buriti, em Coxim – distante a 258 quilômetros de Campo Grande. Uma vaca deu à luz para um filhote de bezerra que nasceu com duas cabeças.

Conforme relatado pela família ao site Edição MS, a vaca estava tendo dificuldades para parir e quando perceberam o sofrimento do animal, resolveram ajudar e tirar o filhote. Nisso, veio a surpresa ao ver a bezerra com duas cabeças. O filhote nasceu morto e a mãe está com o estado de saúde considerado bem.

Um dos familiares explicou que uma das cabeças era de macho e que todo o restante era de uma fêmea. “Meu avô chegou a se emocionar depois do nascimento, pois sempre trabalhou no campo, criando animais, já viu muito bicho nascer, alguns morrer, mas nunca tinha se deparado com uma situação dessas”, disse a neta do proprietário, Idê Correa dos Santos, 39 anos.

Rara, a anomalia é causada por cruzamento entre parentes e ocorre por erro na divisão do óvulo ou mesmo por separação incompleta no caso da gestação de gêmeos univitelinos. Por conta da difícil alimentação ou existência de outras anomalias em órgãos internos, animais com duas cabeças, geralmente, não sobrevivem por mais que algumas horas.

Embora seja raro essas situações, não é a primeira vez que acontece neste ano em Mato Grosso do Sul. Em janeiro, na região do Barreirão – em Bandeirantes, distante 69 km de Campo Grande, uma vaca deu à luz a um bezerro com duas cabeças completas. O animal nasceu vivo, mas morreu logo em seguida.

Mais notícias